Skip to content

gazeta

Assegonha marrom barrada na portaria do heteroporto de congonhas se garreava e manifestação: É um absurdo olvidarem as palavras e-mudadas todas vítimas. Foice material celular encontrado na mão debandidos. Dançava quadrilha. De verdade a politicagência nunca encana com isso. Equanta pobrecância reclusada sem fileira nem manidade. Excedentíssimo senhor presidente da cummings dos deturpados, foi estuprada menor didade passando areial perdo confortable. O IML permanece atrasado. Bosta senhoria gostaria de sushi nacadeia elétrica?
Estertorando óperas requientadas ou chopinizando marchinhas carnavalescas sem colarinho ou funebriedades…  Escapam sempre sursisticamente, mais aliseos quiabos. Correm pelas mãos enbananeiras. Cabam voltando pelos votos
e leitos pelos leigos pop-lulistas tão devoltagem barata. Difernando infernando o país foi afundando, o podre mau já dizia ALCAralho o FMI. Enisso o IML retornava com o rosto desfulgurado órflorão Damérica. É tudo verdade!!!! O duquestradou-se hino tosco largo darouche foi parar. Surrado
em contrariado IMLnamente, morgado ensoca roupa do corpo e trocados. Uma morte Poe[tica]. Ou ticica. Depreende-se um ponto de vista. Muitas depois sibilizam algurias ou troços nocivos indecifrágeis. Parafraseando ente incurável vidioticamente for Everton.

 

Post a Comment

Your email is never published nor shared.